Como escolher o aparelho auditivo?

Como escolher o aparelho auditivo?

A decisão de utilizar um aparelho auditivo pode ser uma das mais difíceis de serem tomadas pelas pessoas que têm perda auditiva. Embora seja inegável a melhora na qualidade de vida que o uso destes dispositivos traz para quem tem o problema, leva-se um tempo para aceitar a deficiência e outro, ainda maior, para colocar o aasi (aparelho de amplificação sonora individual). Uma vez consciente da necessidade de utilizar um aparelho auditivo, qual (ou quais), dentre tantos à disposição no mercado, é o mais indicado para o seu caso?

Veja algumas dicas que podem ajudá-lo a escolher o aparelho auditivo:

  • Ainda há uma resistência por parte dos pacientes para o uso de aparelhos. Lembre-se que ouvir é sempre melhor do que ficar toda hora pedindo para as pessoas repetirem o que estão falando. Além de melhorar a audição, o aparelho auditivo pode evitar que a perda auditiva aumente e sua qualidade de vida, piore.
  • No Brasil, é preciso que a indicação do uso do aparelho seja feita por um médico otorrinolaringologista. A maior parte das pessoas não sabe o caminho que deve fazer para ter o diagnóstico da perda auditiva até a compra do aparelho auditivo. Na dúvida, vá ao médico, faça uma avaliação auditiva, tenha a indicação e pesquise uma loja ou centro auditivo mais próximo da sua casa. IMPORTANTE: Teste em casa os aparelhos antes de efetuar a compra
  • Há aparelhos auditivos diferentes para cada tipo de perda auditiva. Informe-se a respeito.
  • Pergunte, sem medo. Converse com especialistas, peça opinião de pessoas que passaram pela mesma situação. Tire todas as suas dúvidas antes de escolher o seu aparelho.
  • Escolha sempre uma revenda autorizada ou clínicas especializadas.
  • Faça um test-drive com o aparelho em casa antes de se decidir por ele.
  • Exija nota fiscal no ato da compra.
  • Aparelhos auditivos duram muito tempo. Não caia na história de que precisará substituir o seu depois de um ano.
  • É um direito seu regular o som do seu aparelho quantas vezes sentir necessidade, sem precisar pagar mais por isso. Mas, isso não costuma ocorrer nos consultórios particulares que também fazem este tipo de serviço. Cuidado!
  • Não aceite tratamento ruim após o pagamento, pois o processo de adaptação pode demorar.
  • Aparelho discreto, mas que atende mau a sua perda auditiva, não adianta. Lembre-se de que, em alguns casos, a perda auditiva pode ser progressiva se não tratada rapidamente e de forma adequada.

 

Audição & Vida Aparelhos Auditivos
contato@audicaoevida.com.br
Nenhum comentário

Deixe um comentário